Aconteceu no dia 15 de maio, na Praça do Morumbi, a Taça São Paulo de Skate evento que reuniu em uma grande final os melhores atletas ranqueados pelos circuitos oficializados pela Federação Paulista de Skate em 2010 nas categorias: Mirim, Iniciante e Amador.

A Taça marcou concretização de uma das metas da nova gestão da FPS (na direção desde abril de 2010) que consistia em organizar a modalidade street no estado de São Paulo e junto a isto agregar os circuitos que atuam dentro dos padrões homologados pela Federação. Segundo Roberto Maçaneiro, presidente da FPS: “O evento ocorreu em maio deste ano por conta da ausência de datas no ano passado, uma vez que alguns dos circuitos só foram finalizados em 20 de dezembro, e também por estarmos realizando alguns ajustes nos acordos com patrocinadores e a prefeitura de São Paulo. Mas para este ano a meta da direção é finalizar o circuito paulista no mês de dezembro.”

O público marcou presença; durante o evento centenas de pessoas passaram pelo local, entre skatista e praticantes de outras modalidades que ali são praticadas. A área reservada ao publico esteve sempre cheia, somando-se o atrativo dos stands da Globe e Lost que expuseram seus artigos e distribuíram diversos brindes.

O campeonato aconteceu na parte inferior da praça, fugindo do convencional, e foi uma surpresa. A FPS colocou uma cantoneira em uma borda e um corrimão na escada ao lado, os obstáculos ficaram de alto nível, com isto havia uma double-set com a escada antes destes obstáculos; um autentico campeonato de street skate. E você acha que os mirins se intimidaram com o nível dos obstáculos? Que nada, deram um show! Manobras de alto nível, a molecada se jogou e o que se viu é que teremos vários streeteiros de peso no futuro.

No iniciante o nível subiu, Gustavo Soares, Bruno Boquinha e Yan Florêncio protagonizaram uma grande final, junto com os demais competidores, muitas manobras de borda, switch e combos unindo a double-set ao corrimão.

Ao início do aquecimento da categoria amador, algumas nuvens rodearam a área uma leve garoa ameaçou cair, mas não houve interrupções e o evento seguiu sem transtornos. Muita técnica, base e manobras combinadas na double-set fizeram a cena na final; onde Leonardo Spanghero, Diego Fontes e Willian Sérgio foram os destaques.

Na ocasião a Federação homenageou com uma placa o atleta profissional que mais representou o estado de São Paulo nos últimos anos em sua passagem, como amador Kevin Hoefler.

Pudemos com este evento, diferenciado pelo seu formato legitimamente street, conhecer os campeões de 2010 do estado de São Paulo. No Mirim Wellington Henrique Silveira vindo do circuito Maremoto, no Iniciante, Gustavo Soares vindo do Circuito Overall do ABC, São Bernardo do Campo, São Caetano e Santo André e no amador, Leonardo Spanghero vindo do Circuito Maremoto.

Organização e Realização
Federação Paulista de Skate
Apoio
Globe, Lost, e Secretaria de Esporte Lazer e Recreação da cidade de São Paulo.

Abaixo a classificação final e os circuitos pelos quais os atletas tiveram suas credenciais para o evento.

Mirim
1 – Wellington Henrique de Oliveira – Circuito Maremoto
2 – Ivan Monteiro Braga – Circuito Overall do ABC
3 – Giovanni Vianna Galera – Copa São Paulo
4 – Wacson Mass – FPS Ranqueados
5 – Hugo Lagares – Circuito Overall do ABC

Iniciante
1 – Gustavo Soares – Circuito Overall do ABC
2 – Bruno Boquinha – Circuito do Interior do Estado
3 – Yan Florêncio – Circuito Maremoto
4 – Matheus Teixeira – Circuito Paulista
5 – Ricardo Alves – Circuito Overall do ABC

Amador
1 – Leonardo Spanghero – Circuito Maremoto
2 – Diego Fontes – FPS Ranqueados
3 – Willian Sergio – FPS Ranqueados
4 – Willian Damascena – FPS Ranqueados
5 – Lehi Leite – Circuito Paulista

Fonte: www.Sk8.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA